TRADUTOR

Seguidores

sábado, 27 de setembro de 2014

FESTEJANDO COSME DAMIÃO E DOUM COM VOCÊS

                                                             Pintura de Josephine Wall


Bênção tio, bênção tia, aqui venho, festejar com vocês mais uma homenagem aos irmãos tão queridos e amados por todos que reconhecem nos ensinamentos de Jesus a mais pura verdade. Amor é o que eles pregavam, exemplificavam, curavam a muitos e nada cobravam, curavam também aos animais, pois diziam que eram criações Divinas e aqui não estavam para sofrer. Ah, eles sabiam dentro do coração que os animaizinhos são espíritos em evolução. Sabe Papai do Céu em sua infinita bondade jamais colocaria ser vivo que sente dor, fome, frio, só para satisfazer o Homem, só para brincarmos e nos servirmos deles, não, Papai do Céu é a BONDADE INFINITA, A JUSTIÇA INFINITA, O AMOR INFINITO, A MISERICÓRDIA INFINITA, A SABEDORIA INFINITA E O PODER INFINITO, acham mesmo que ELE colocaria seres viventes sem uma razão maior que beneficiasse estes seres?


Bem, cada um acredita no que quer, mas pensem bem antes de chutarem um desses irmãozinhos que estão em menor grau de evolução do que  o Homem, mas estão em franca evolução, já passaram por várias etapas e agora a próxima será a Humana, tudo é perfeito Deus não fez nada imperfeito e nada injusto.


Queria lembrar também do Doum, pois os irmãos eram trigêmeos e Doum desencarnou criança, aliás os dois irmãos decidiram se dedicar a medicina após a morte do querido irmão, Doum não continuou a missão junto de seus irmãos médicos mas na espiritualidade trabalhou muito para protege-los e também para ajudar a chegar até eles todos que necessitavam, na hora dos martírios que o imperador romano impôs, lá estava ele orando muito a Jesus para que os irmãos se fortalecessem e na hora final junto com muitos espíritos de luzes, ali ele estava, que festa linda foi, muitas palmas e lírios cobrindo o chão.

Ah! Esqueci, muitos umbandistas vão falar que eu não sou eu, um erê mandando mensagens desta natureza?  Ah, que pena, muito ainda demora para as vendas levantarem, mas não faz mal, se quiserem escrevo tudo de novo na linguagem que vocês gostam de ouvir para acreditarem que eu sou eu.

Agora vão perguntar se eu estava lá? Não, eu sou o Ditinho, pertenço a falange de Ibeji  na linha que Cosme Damião e Doum comandam, e êre na grande maioria são seres que ainda não encarnaram, estão ligados ao plano encantado da natureza, alguns poucos encarnaram, mais apenas uma vez e desencarnaram criancinhas, meu cavalinho vai deixar o nome que está tudo explicado, para quem quiser ler,  A LINHA MAIS PURA ( clique ), eu nunca encarnei é o tio Áspargos que está me ajudando, e a Roseli que é também erê de meu cavalinho, encarnou uma só vez e desencarnou com três aninhos.


Vim agradecer tanta festa e distribuição de docinhos para a criançada da terra, é isto o que mais importa.


Bênção tio, Benção tia,

Bênção Papai do Céu.

Mensagem ditada pelo Ditinho
psicografada por Luconi
em 27-09-2014

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

PITACOS DE PAI TOMÉ DE ARUANDA




É um pitaco aqui,
outro ali,
e assim vamos levando.


Levando bem de mansinho,
pois os filhos andam devagarinho,
em cada pitaco duma verdade um pedacinho,
não diretamente dita,
nas entrelinhas plantada,
para o filho matutar,
e quem sabe sozinho,
chegar àquele pedacinho da verdade,
puxando assim o fio da meada,
enfim entendo que a razão de tantos males,
não está só no seu irmão,
mas também em si próprio,
e quem sabe a partir de então,
iniciará a sua transformação.


Com este irmão,
eu terei outra missão,
já não darei pitacos,
com meias palavras falando,
pois ele terá aprendido,
que os revezes da vida,
nada mais são,
do que puro aprendizado,
recebendo-os com resignação,
no tempo certo chega a solução,
este preto velho então,
lhe dará o necessário sustento,
para que continue firme no seu propósito,
de entregar-se ao amor de Cristo com fé,
renovando-se e auxiliando a renovação de seu irmão.


ditado por Pai Tomé de Aruanda
psicografado por Luconi
21-08-2014

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

ORAÇÃO A PAI OBALUAYÊ


Sexto Trono Divino
Trono da Evolução


ORAÇÃO I


Proteja-me, Pai, Atotô. Axé. Oh, Mestre da Vida.

Proteja seus filhos para que suas vidas sejam marcadas pela saúde.

Sois o limitador das enfermidades.

Sois o médico dos corpos terrenos e almas eternas.

Suplicamos sua misericórdia aos males que nos afetam!

Que suas chagas abriguem nossas dores e sofrimentos.

Concede-nos corpos sadios e almas serenas.

Mestre da Cura, se possível amenize nossos sofrimentos e nos auxilie a nos manter sempre 
dentro das Leis do Amor Divino e com o coração repleto de fé para que consigamos cumprir nossa missão e nossos resgates nesta encarnação, podendo assim voltarmos ao mundo espiritual um pouco melhor do que éramos quando encarnamos. 

Pai Obaluayê acima de tudo seja feita a vontade de Deus. 

Salve, A tô tô baba


ORAÇÃO II

Atotô, Atotô, 
Meu pai Obaluaiê. 
Salve, querido pai da vida 
E da evolução.

Eu venho a vós, humildemente, e com todo respeito, pai vos peço, (faça o pedido).

Pai Obaluaiê, se acaso eu não tiver merecimento para que meu pedido seja atendido, peço-vos que então eu entenda 
e que o que for melhor para minha evolução seja realizado.

Peço-vos Pai, também, que as suas bênçãos me livrem de todos os males, de todas as dores, de todas as doenças e perseguições.

Ilumine, Pai Obaluaiê, minha vida, minha consciência e que a sua justiça seja 
sempre minha companheira. 

Salve Pai Obaluayê
A tô tô baba

quarta-feira, 16 de julho de 2014

ORAÇÃO DE PAI TIÃO AOS MÉDIUNS DA UMBANDA


Em frente ao mar, ouvindo o murmúrio das ondas, o seu chegar nas areias, olhando acima do mar o céu azul, tão azul com raras nuvens brancas ornando a paisagem, extasio-me perante a beleza que o Criador nos oferece, sentindo o Seu amor infindo como este céu azul. Com as mãos acaricio as areias, que de minhas mãos escapam, por que foram feitas para serem acariciadas pelo mar, pelo sol, pelos ventos que as transbordam, pela chuva que as lava.

Atrevo-me a entrar no mar e pedindo licença ao Criador, saúdo todo aquele reino, que abaixo do Pai Altíssimo, tem como responsável de todas aquelas águas, a mãe da vida, da geração, ou seja, da renovação da vida, a iluminada Mãe Yemanjá., que reina absoluta em tão belo reino.

Depois, volto à praia, ajoelho-me em suas areias e abrindo os meus braços, constrito abaixo minha cabeça e clamo ao Pai:


Deus, Criador de todo universo,
gerador de toda vida,
a Vós eu atrevo-me a lhe pedir uma única graça,
que eu como médium saiba que sou o menor de seus filhos,
que a mediunidade foi a mim concedida não por meu merecimento,
mas pela sua infinita bondade, que a mim concedeu a oportunidade única
de resgatar velhos débitos , que eu jamais a use para meu engrandecimento pessoal ou financeiro, que minha doação seja total, lembrando-me sempre que o que o Pai de graça me concedeu eu devo distribuir da mesma forma, independente de cor, raça, fé, ou posição financeira, que dentro do templo todos sejam iguais como iguais são perante o Pai e que sempre me lembre que eu não sou nada nem ninguém para aceitar ou não um irmão dentro do templo de caridade, pois quem nos ordena, nos comanda são os espíritos que são nossos guias, acima deles os Orixás da linha que os representam e acima dos Orixás, Seu filho Bem Amado Jesus comandante de nosso planeta  e Vós meu Deus, Criador de tudo e de todos.

Pai concede-me, pois, a fé, o amor incondicional e a humildade, como também, que eu me conscientize que para ser digno da missão a mim conferida, fora do templo, em minha vida normal, devo me comportar sempre dentro da Lei do Amor, pois só assim conseguirei passar as energias positivas que os meus guias precisam para trabalharem para os filhos que ali vierem, que eu jamais aja como os antigos fariseus, que pregavam tanto a Lei, mas não a cumpriam.


Que assim seja, Senhor,


ditado por Pai Tião
psicografado por Luconi

em 11-07-2014